Liderança Transformacional

 

O artigo desta semana traz uma abordagem sobre o tema “liderança transformacional”, quais as principais competências, comparação com a “liderança transacional” e seus benefícios dentro das organizações. Este tema esta relacionado diretamente à gestão moderna nas organizações nos dias atuais. Para conhecer os demais artigos publicados sobre liderança clique no link abaixo:

É importante ressaltar que, para ser um líder, além de possuir habilidades humanas (SoftSkills), é de extrema importância que este possua habilidades de condução e direcionamento para um grupo de pessoas em direção a um objetivo comum.

Há diversos perfis de líderes: autocráticos, visionários, democráticos, exigentes, liberais, e diversos outros. Cada situação ou momento exige-se um tipo de liderança, uma vez que a liderança é sobre pessoas, e estas são dinâmicas e adaptáveis.

A prática da gestão pode ser alterada de acordo com as diferentes cenários. No âmbito empresarial, existem duas formas mais comuns que são: a liderança transacional e a liderança transformacional.

Abaixo um vídeo sobre o verdadeiro espírito de liderança:

A liderança transformacional caracteriza-se pela presença de um líder capaz de realizar uma transformação no ambiente em que atua. Este é um líder capacitado e apto para resolver quaisquer tipos de problemas, desde os mais simples até os mais complexos, além de ser motivador, visionário, estrategista, comprometido com o bem estar e desenvolvimento de sua equipe. O Líder é capaz de melhorar comportamentos, formar pessoas e profissionais melhores por meio de seus exemplos, atitudes e éticas profissionais. O líder transformacional deve ser uma referência positiva e fonte de inspiração para os demais.

Liderança Transacional X Liderança Transformacional

Na liderança transacional o gestor tem comportamento de chefe e não de líder. Suas táticas são pautadas principalmente pela obediência às regras e cumprimento das metas estabelecidas, além de seguir a ideia de recompensa proporcional ao desempenho. Esse é um gestor que não se preocupa em compreender as motivações de sua equipe ou em antecipar-se aos problemas, ele apenas segue o fluxo e cumpre demandas.

Na liderança transformacional o gestor estimula a alta performance de seu time, pautando-se em influência, inspiração, exemplo e motivação. Neste caso, os pilares de liderança são fundamentados na confiança, respeito, colaboração e comprometimento. O líder transformacional conhece as motivações individuais de sua equipe, compreendendo o perfil de cada um, entende bem seus objetivos profissionais, pessoais e auxilia seus liderados a conquistá-los.

Principais competências do líder transformacional

Carismático

Um líder transformacional é alguém que consegue despertar admiração, fascinação e, principalmente, respeito da sua equipe. Com isso, ele consegue, envolver as pessoas e conquistar sua colaboração para realizar aquilo que foi proposto. Utiliza-se de uma comunicação clara e efetiva, o gestor de mudanças consegue a cooperação e o engajamento da equipe.

Visionário

Esta característica faz com que o Líder consiga se antecipar a qualquer problema que possa ocorrer, solucionando-os antes que causem maiores danos. Desse modo, consegue o apoio de sua equipe e mantêm todos focados e comprometidos com alcance dos resultados.

Inspirador

Seus exemplos, feitos e atitudes são fonte de inspiração para os profissionais sob sua gestão. Isso cria um ambiente equilibrado, em que os colaboradores têm um referencial positivo para seguir e um modelo em quem se espelhar. Também é importante ressaltar que além de ser capaz de ter ideias extraordinárias e aceitar grandes desafios, o líder transformacional precisa ter a capacidade de inspirar sua equipe e de criar um ambiente que possibilita aos colaboradores evoluírem cada vez mais como profissionais.

Para encerrar o artigo ressalto que um líder transformacional não combina com “Zona de Conforto”, este combina com “Desafios”, por isso está preocupado com seu crescimento contínuo e seu foco está em evoluir continuamente. Busca sempre o seu desenvolvimento profissional e pessoal e também fornece meios para que sua equipe também se desenvolva.

Compartilhe na rede:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Conheça o Autor

Flávio Costa
Flávio Costa
Gerente de projetos com mais de 15 anos de experiência desde desenvolvimento de software, gestão de portfólios, programas e projetos, liderança e formação de equipes. Possui as principais certificações gestão de projetos como: PMP (Project Management Professional) pelo PMI, PRINCE2 Practitioner, PRINCE2 Agile e MoP (Management of Portfolio) pela Axelos, Agile Scrum pela Exin entre diversas outras.

Gerenciou grandes projetos e programas de implantação de sistemas nos segmentos de comércio, varejo, engenharia, segurança pública, informações geográficas e setor público sempre com foco no relacionamento interpessoal e gestão de mudança com alto valor estratégico. Sempre engajado e comprometido em construir e liderar equipes para atingir as metas corporativas e entregar valores e benefícios a organização e cliente.

Atualmente é: Gerente de Projetos na Hexagon, Gerente de Portfólio no PMI-SP, Professor em gestão de projetos pelo SiteCampus e Colunista nos portais TI Livre e Projetos e TI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *