Teste de Software: A importância de se testar

Em meados da década de 90, algumas corporações utilizavam softwares. Atualmente, é quase impossível um empresa não ter um software para uso de suas atividades e que desempenhe seu papel pelo qual foi construído.

Mas nem sempre ocorre como é esperado, a qualidade de  software está inteiramente ligada à estrutura de requisitos pelo qual o software será produzido, todos os requisitos devem estar de acordo com o que foi pautado pelas partes interessadas(Stakeholders).

Se um sistema que é produzido, logo após é homologado e pronto pra ser utilizado, espera-se que ele funcione da maneira correta, o que na maioria das vezes não ocorre, produtos de softwares, sejam eles quaisquer , são construídos pelos desenvolvedores e até mesmo testados alguns componentes nas fases iniciais do sistema, mas nem sempre o resultado final é 100%, pois percebe-se que o software pode haver falhas, onde entra em cena a função do testador de software que utiliza de suas habilidades para testar todas as condições de teste possíveis e casos de testes nas áreas de alto risco para que se encontre um defeito e o mesmo seja corrigido, antes de ser homologado e até mesmo, para o setor de produção.

Erros, defeitos e falhas podem ocorrer até mesmo na fase inicial de construção do produto de software, o erro é causado por uma ação humana que consequentemente gera um defeito, seja ele na estrutura de código do software ou até mesmo do sistema, ou na documentação, ou seja, se um sistema que foi produzido com defeito na estrutura de código ao tentar fazer função pelo qual foi designado o mesmo gera uma falha ocasionando de gerar um resultado do qual era esperado, mas que, apresentou um defeito ao ser executado.

Teste e Qualidade

O Teste é uma prática com a finalidade de medir a qualidade de software, ou seja uma métrica, mediante a defeitos que possam ser encontrados na estrutura do software,verificando sempre os requisitos funcionais e não funcionais do sistema.

Testes servem para dar confiabilidade quanto à utilização do sistema obedecendo sempre os resultados esperados pelo mesmo e ao resultado que ele obtém fazendo uma comparação para medição da qualidade, um exemplo:

O aplicativo Netflix em dispositivo móvel (celular ou  tablet) foi produzido para os usuários assistirem filmes, séries etc, se o usuário por sua vez, clica em um filme e o mesmo não carrega ou gera um crash(congelamento) da página selecionada, isso pode ser um bug ocorrente, onde o testador, documentará todo o processo de caso teste para que possa ser entendido pelo desenvolvedor e o mesmo o corrija, levando em conta que, o exemplo citado está intrínseco nos teste de caixa preta, ou seja, testes que medem a usabilidade do sistema, confiabilidade, se o mesmo não faz o que deveria é porque há algo de errado, que precisa ser analisado e corrigido ,antes de chegar ao usuário final.

Testes são atividades que são consideradas como atividades de garantia da qualidade, e por isso é importante testar para uso do produto do sistema que será adquirido pelo usuário final, já a qualidade é garantia de que todos os requisitos propostos foram atendidos e o sistema funciona, conforme o esperado.

Compartilhe na rede:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Conheça o Autor

Antonio Magno de S. R. Araujo
Antonio Magno de S. R. Araujo
Pós-Graduado em Engenharia de Software pela Universidade Nove de Julho, superior em Analise e Desenvolvimento de Sistemas pelo Centro Universitário Ítalo Brasileiro. Experiência como analista de suporte, prestando suporte á hospedagens de sites Windows e Linux, E-mails RoundCube e Exchange via PC e Mobile, Banco de Dados MSSQL e MySQL, e atualmente como Analista de Teste, realizando testes de caixa preta em device mobiles, executando tescases em apps. e controle de qualidade geral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *